APA Caverna do Maroaga (Presidente Figueiredo)

Informações gerais

Roberto Linsker - www.terravirgem.com.br
Caverna do Maroaga (Presidente Figueiredo)
Área de Proteção Ambiental
Estadual
Uso Sustentável
374.700 (Decreto - 12.836 - 09/03/1990)
1990
Central da Amazônia
Deliberativo
2009
Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas
Deliberativo
2009
Javascript is required to view this map.

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Município População (IBGE 2007) População rural (IBGE 2001) População urbana (IBGE 2001) Estado Área do município (ha) Área da UC no município (ha) Porcentagem da UC no município (%)
Presidente Figueiredo 24360 9011 8383 AM 2.542.224 410.254 100 %

Pressões e ameaças

O desmatamento, as queimadas e a mineração industrial, são algumas das pressões que mais ameaçam as Unidades de Conservação. Veja abaixo dados atualizados sobre essas pressões nesta UC; para uma visualização comparativa entre as UCs mais desmatadas na Amazônia Legal, acesse o ranking dinâmico.

Para detalhes sobre a obtenção dos dados, acesse nossa nota técnica.

37848.14 ha

Características

Características

ATRIBUTOS NATURAIS : O nome foi dado em homenagem a um chefe Waimiri-Atroari que, segundo a lenda, ali se refugiou na década de 60 durante a construção da BR-174. Faz parte do sistema Maroaga, que está inserido no domínio morfoestrutural do Planalto da Bacia Sedimentar do Amazonas, no qual é possível diferenciar as seguintes unidades: Planície Aluvionar Recente, Platô Arenítico e Platôs Lateríticos. A área possui três bacias de drenagem, os rios Urubu, Uatumã e Abonari, e abriga dois sub-afluentes da bacia do rio Pardo: os igarapés Canoas e Canastra. Cobertura de Floresta Tropical Densa com árvores emergentes típicas de Terra Firme. Há vegetação de Floresta Aberta de Campina e de Floresta de Igapó.

BIODIVERSIDADE : As cavernas da área representam as formações geológicas mais antigas do flanco Norte da amazônia brasileira. Seu contexto geológico é um dos mais ricos do ponto de vista da sua diversidade, pois sua formação é única no mundo e é composta por rochas de formação Nhamundá do Grupo Trombetas, dos períodos Terciário e Quaternário. A fauna de vertebrados é extremamente diversificada, apesar da baixa densidade populacional das espécies. A maior parte dos animais é de médio ou grande porte e necessita de extensos territórios para sobreviver. Há, entre eles, espécies de Panthera onca (onça-pintada), leopardus wiedii (gato maracajá), Lutra longicaudis (lontra), Pteronura brasiliensis (ariranha) e Harpia harpyja (gavião real). Uma particularidade da reserva é a grande quantidade de espécies de morcegos, os quais contribuem, em grande parte, para a diversidade da flora local. Entre as aves, destaca-se o belíssimo Galo da Serra (Rupicola rupicola), encontrado próximo aos paredões rochosos das cavernas. Dentre os principais primatas, estão o Alouatta macconnelli (guariba) e o Saguinus midas (sagüi).

INFRA-ESTRUTURA : Localiza-se no município de Presidente Figueiredo, situado ao norte de Manaus. O acesso é feito via terrestre. Sua área inicia-se no km 98 e vai até o km 200 da BR-174, que liga o Amazonas a Roraima. A caverna localiza-se no km 08 da margem direita da estrada de Balbina. A entrada da caverna fica a 600 metros da rodovia, por trilha aberta em meio à floresta.

SÓCIO-ECONOMIA : Cerca de 42 comunidades habitam a APA. A pecuária é presente e a agricultura emprega boa parte da mão de obra local. Dentre as espécies cultivadas destacam-se a banana, a mandioca, o cacau, o arroz, o milho, o cupuaçu e o guaraná. A exploração madeireira vem se intensificando. Em algumas comunidades a pesca, embor artesanal, atende o consumo local e de Manaus. O turismo é uma das atividades que geram benefícios econômicos à região, que possui inúmeras cachoeiras e grutas, muitos dos quais encontrados na APA.
(fonte: Unidades de Conservação do Estado do Amazonas. Manaus:SDS/SEAPE, 2007)

A APA Presidente Figueiredo - Caverna do Maroaga é o habitat do galo-da-serra (rupicola rupicola), espécie muito visada pelo tráfico de animais silvestres. Extenso complexo de cavernas de formação arenítica. Alto potencial para o ecoturismo. Dentre vários tipos de vegetação, a unidade possui áreas de campina e campinarana, com possível ocorrência de várias espécies endêmicas. Faz parte do Corredor Ecológico Central da Amazônia.
(fonte: Áreas Protegidas do Estado do Amazonas - Subsídios para a estratégia estadual de conservação da biodiversidade - 2003. Governo do Estado do Amazonas)

A Caverna Maroaga guarda evidências arqueológicas relevantes, como vestígios de um afiador num maciço de rocha, à entrada da Caverna da Maroaga. Essa evidência faz parte de um contexto arqueológico pouco conhecido na região e indica a existência de homens e mulheres do passado, daí a sua importância do ponto de vista científico, cultural e como atrativo turístico. (Fonte: Cartilha de divulgação do APA publicada pelo IPAAM, 2004)

FAUNA: A fauna é representativa, graças a variedade de ambientes e de vegetação que oferecem as condições adequadas à manutenção da biodiversidade da fauna, das quais se destacam: répteis, quelônios, tartarugas, mamíferos, aves e etc.
FLORA: Possui uma riqueza de espécies de flora, de suma importância para a manutenção da biodiversidade e dos ecossistemas naturais, servindo como agente diminuidor de calor, purificador do ar; fornecendo abrigo proteção e alimentação para inúmeros organismos. A diversidade de tipos de vegetação abriga espécies de orquídeas e bromélias; árvores de valor comercial como o angelim, o louro, o cedro, o mogno muito utilizados na construção e na fabricação de móveis. (Fonte: Cartilha de divulgação do APA publicada pelo IPAAM, 2004).

Observações

Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo da APA Caverna do Maroaga, de 11 à 12/04/2017.
(DOE AM 12/04/2017)

XVIII Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo da APA Caverna Maroaga, 24/05/2016.
(DOE AM 01/06/2016)

V Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo da APA Caverna do Maroaga em Presidente Figueiredo, 14/10/2014.
(DOE AM 07/11/2014)

Reunião do Conselho da APA Maroaga, 02 a 03/09/2014.
(DOE AM 02/09/2014)

Realizar operação de fiscalização na APA Maroaga no município de Pres. Figueiredo, visando apurar ilícitos ambientais, de 29/06 à 03/07.
(DOE AM 08/07/2014)

Realizar reunião com os técnicos do Ceuc e instituições parceiras para definir estratégias para o levantamento socioeconômico da APA Caverna do Maroaga, de 12 a 14/06/2014.
(D0E AM 27/06/2014)

Participar da Sensibilização e discussão da expansão da Comunidade Vila Maruaga na Área de Proteção Ambiental Caverna Maroaga, de 13 a 14/06/2014.
(DOE AM 27/06/2014)

Em julho de 2000, iniciaram-se diálogos com a ONG Fundação Djalma Baptista, vinculada ao INPA, para a realização dos estudos socio-econômicos e físico-bióticos necessários à construção dos Planos de Uso e de Gestão da UC (fonte: Diagnóstico da Gestão Ambiental).

Acompanhar equipe de jornalismo da Tv Bandeirantes, que fará imagens da Caverna do Maroaga, dia 23/02/2011.
(DOE AM 02/03/2011)

Realizar fiscalização para atender denúncias de ilícitos ambientais identificados dentro da APA Marogada, de 27 a 29/12/2010.
(DOE AM 17/12/2010)

Acompanhar como Apoio Administrativo as Oficinas das Associações Comunitárias da APA da Caverna do Maroaga, de 10 a 11/11/2010.
(DOE AM 11/11/2010)

Participar da VI Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo da APA Caverna do Maroaga ao município, de 15 a 16/09/2010 e de 15 a 17/09/2010
(DOE AM 10/09/2010 e 23/09/2010)

Apoiar atividades dos Agentes Ambientais Voluntários da APA Caverna do Maroaga, 07/08/2010
(DOE AM 19/08/2010)

Oficina de Planejamento Participativo na Comunidade São Miguel, km 50 da AM 240, na APA Caverna do Maroaga, de 17/07 a 19/07.
(DOE AM 09/08/2010)

Oficina de Planejamento Participativo na Comunidade Moroaga AM-240 na APA Caverna do Moroaga, de 17 a 18/07/2010
(DOE AM 21/07/2010)

Oficina de Planejamento Participativo e do Plano de gestão da APA Caverna do Moroaga na Comunidade Boa União ramal Rumo Certo, jun e jul/2010.
(DOE AM 7 e 8 jul/2010)

Oficina para elaboração do Plano de Gestão da APA Caverna Maroaga (19/06 a 20/06/2010).
(DOE AM 23/06/2010)

Reunião do grupo de trabalho da APA Caverna do Maroaga 07/05 a 08/05/2010
(DOE 21/05/2010)

PORTARIA IBAMA N 45, DE 25 DE SETEMBRO DE 2007 estabelece regras para a pesca no lago de Balbina, entre as quais: define a área de abrangência do Acordo de Pesca, que compreende o antigo leito e toda a margem direita da bacia hidrográfica do rio Uatumã a montante da barragem da hidrelétrica de Balbina, incluindo os igarapés que primitivamente eram afluentes e formadores do rio Uatumã e coloca limites em relação à pesca do Tucunaré. (DOU, 26/09/2007, seção 1)


Aspectos Físicos

Sobreposições com outras Unidades de Conservação ou Terras Indígenas

Não pertinente.

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 100.00

Fitofisionomias

Fitofisionomia (excluídos cursos d'água) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 94.89
Floresta Ombrófila Aberta 4.24
Contato Campinarana-Floresta Ombrófila 0.87

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Negro 1.99
Jatapu 98.01
Pressão/ameaça
Extração de Madeira

Contatos

IPAAM - Departamento de Gestão Territorial
Christina Fischer - Tel: (92) 3643-2305

Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Secretaria Executiva Adjunta de Projetos Especiais
Rita Mesquita (Secretária Adjunta) ou Maria do Carmo (Coordenadora do PGAI-AM)
Rua Recife, nº 3280, Parque 10 - Manaus-AM
Tel: (92) 3642-8807 / (92) 3642-4607
Site: www.sds.am.gov.br

Centro Estadual de Unidades de Conservação - CEUC (AM)
Av. Mário Ipiranga Monteiro, n° 3280 - Parque 10
CEP: 69050-030 - AM
Email: ceuc@ceuc.sds.am.gov.br
Tel: (92) 3642-4607
Site: http://www.ceuc.sds.am.gov.br


Notícias

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.
Título Data de publicaçãoícone de ordenação
Reservas que podem ser reduzidas pelo Congresso sao as que mais sofrem desmatamento 12/09/2017
UCs e TIs na Amazonia sao afetadas por mais de 17,5 mil processos de mineracao 29/01/2016
Nao adianta culpar o Para, fumaca em Manaus veio das queimadas no Amazonas, diz Inpe 03/10/2015
Duplo desastre: Brasil ignora compromissos com Clima e promove fontes fosseis na Amazonia 01/10/2015
Agente Ambiental Voluntario: novos atores da educacao ambiental nas unidades de conservacao no Estado do Amazonas 30/07/2012
Governo elabora edital para uso turistico de quatro unidades de conservacao do Amazonas 12/01/2012
Governo do Amazonas apresenta planejamento ambiental para 2012 04/01/2012
Desmatamentos ja atingiram 144 mil hectares nas unidades de conservacao da RMM 25/11/2011
Governo do Amazonas leva acoes de prevencao e controle ao desmatamento a Regiao Metropolitana 27/06/2011
Unidades de conservacao do Amazonas vao abrir para turismo ecologico 24/03/2011
Concessao turistica tera minuta de edital ate o mes de marco no Amazonas 18/02/2011
Programa Agente Ambiental Voluntario completa dois anos com acoes em Unidades de Conservacao do Amazonas 19/10/2010
Mosaico do Apui ganha novos Agentes Ambientais Voluntario 29/09/2010
Programa AAV realiza oficina na APA Caverna Maroaga 04/06/2010
Abertura para o turismo no Amazonas 10/05/2010
Programa AAV realiza oficina na APA Caverna Maroaga 04/03/2010
Rebio Uatuma e Esec Maraca querem promover 1 Encontro Amazonico de Conselhos Gestores de UCs 14/09/2009
Amazonas e Acre anunciam a criacao de 10 Unidades de Conservacao (UCs) 01/01/2001
Reserva protege ecossitema 16/04/2000
Posto do IMA 09/09/1993

Histórico Jurídico

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de publicaçãoícone de ordenação Observação Documento na íntegra
Portaria 010 Conselho 18/01/2010 26/01/2010 Aprova o Regimento Interno do Conselho Deliberativo da APA Caverna do Maroaga. Download PDF
Portaria 114 Conselho 01/01/2009 01/01/2009 Cria Conselho
Decreto 16.364 Alteração de limites 07/12/1994 12/12/1994 Retifica os limites da APA, passando a possuir área aproximada de 374.700 hectares. Download PDF
Decreto 12.836 Criação 09/03/1990 09/03/1990 Cria a ÁREA DE PROTEÇAO AMBIENTAL DE PRESIDENTE FIGUEIREDO "CAVERNA DO MAROAGA", com área aproximada de 256.200 hectares. Download PDF


comments powered by Disqus