As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Jornal do Commercio - http://jconline.ne10.uol.com.br
27/07/2018
Paulista cria reserva para protecao de manguezais e especies ameacadas

Paulista cria reserva para proteção de manguezais e espécies ameaçadas
Publicado em 27/07/2018, às 13h13

JC Online

Três novas reservas ambientais protegem mais de 300 hectares em Paulista

A Prefeitura do Paulista criou nessa quinta-feira (26) mais três reservas ambientais na cidade. Com a iniciativa, a Secretaria Executiva de Meio Ambiente passa a proteger mais 300 hectares de área. As novas unidades de conservação são: Floresta Urbana do Rio Timbó, localizada próximo à PE-22, no bairro de Conceição; o Parque Natural Municipal do Acaraú, em Maria Farinha; e o Refúgio de Vida Silvestre Caetés, que é vizinho à Estação Ecológica de Caetés.

Além dessas três, Paulista já protege a Floresta Urbana do Ronca, a Floresta Urbana dos Maranguapes, o Parque Natural Municipal Mata do Frio e a Floresta Urbana Pau Sangue. Ao todo, 600 hectares de florestas estão sendo preservadas pelo município, o que equivale a 600 quarteirões.

PRESERVAÇÃO
O objetivo da Floresta Urbana do Rio Timbó e do Parque Natural Municipal do Acaraú é proteger os manguezais, que abrigam diversas espécies, sendo importantes para a conservação da biodiversidade e da produção pesqueira, já que os mangues funcionam como verdadeiros berçários para a vida marinha.

Já o Refúgio de Vida Silvestre Caetés vem intensificar o esforço de proteção investido na Estação Ecológica de Caetés - Unidade de Conservação de extrema importância para significativos exemplares da flora e da fauna típicos do Nordeste, inclusive espécies raras e ameaçadas de extinção.

http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cidades/geral/noticia/2018/07/27/p...