As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

G1 - http://g1.globo.com/
05/09/2018
Parque Nacional do Itatiaia encerra primeiro semestre sem registro de queimada em vegetacao

Parque Nacional do Itatiaia encerra primeiro semestre sem registro de queimada em vegetação
05/09/2018 19h35

Por RJTV

Segundo direção, de janeiro a setembro do ano passado, foram seis ocorrências desse tipo.

Parque Nacional do Itatiaia não registra queimada em vegetação no primeiro semestre

A direção do Parque Nacional do Itatiaia - o parque mais antigo do Brasil - não registrou nenhuma queimada no local no primeiro semestre de 2018. De janeiro a setembro do ano passado, 2017, foram seis ocorrências desse tipo.

Logo na chegada do parque, a placa alerta para o risco de incêndio. Nessa época do ano a vegetação rasteira da parte alta fica mais seca com as geadas e o frio. O solo rochoso, não retém tanta umidade e isso também contribui para as queimadas.

"O fogo se propaga com muita velocidade nesse tipo de vegetação. O principal cuidado é não fazer fogueira", explicou o diretor do parque Gustavo Tomzhinski.

Para continuar sem incêndios, o parque conta com 16 voluntários com a missão de prevenir os acidentes. A colaboração de quem visita o local também tem sido importante para que esse trabalho continue acontecendo.

"Nós vamos aonde tenha os pontos atrativos, que são as cachoeiras... e conversamos com o turista para exatamente levar toda a parte de visualização da região, mas sem fazer em motivo algum, nenhum tipo de queimada", disse o voluntário Albano Paz.

"Devemos ter esse amor pela natureza. A gente depende dela para viver e o turista tem que preservar pra ele poder aproveitar cade vez mais," disse a Narlei Robenboin, que é professora.

https://g1.globo.com/rj/sul-do-rio-costa-verde/noticia/2018/09/05/parque...