As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Jornal do Tocantins - https://www.jornaldotocantins.com.br
16/07/2018
Inpe registra oito casos de queimadas em areas de conservacao ambiental e terras indigenas no TO

Inpe registra oito casos de queimadas em áreas de conservação ambiental e terras indígenas no TO
16/07/2018 09:25

Locais são protegidos pelo governo federal, ou pelo Estado ou Fundação Nacional do Índio (Funai)

O programa de queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que monitora incêndios florestais através de satélites, divulgou nesta segunda-feira, 16, um relatório sobre a ocorrência de queimadas nas Áreas Protegidas e Territórios Indígenas no Brasil. Conforme o relatório, haviam focos em 23 Unidades de Conservação e em 41 Territórios Indígenas (TI) do país.

O Tocantins, até o fim o relatório, estava com focos de calor em duas Unidades de Conservação Federal, três em Unidades de Conservação Estadual e um foco em um Território Indígena. Segundo o Inpe, esses os territórios nacionais correspondem ao Parque Nacional de Itatiaia, Parque Nacional do Rio Novo e a Reserva Particular do Patrimônio Natural do Portal das Nascentes II.

Quanto aos territórios estaduais, o Inpe informou que estiveram com focos de calor a Área de Proteção Ambiental da Ilha do Bananal/Cantão, Área de Proteção Ambiental do Jalapão, Projeto Esplanada Sustentável (PES) do Cantão e Refúgio de Vida Silvestre (RVS) Mata Tapacurá.

O Inpe registrou fogo nos seguintes Territórios Indígenas no Tocantins: Parque do Araguaia, TI Krahô e TI Xerente.

Vale destacar que esses números podem incluir focos de queimas prescritas do programa Manejo Integrado de Fogo (MIF), todavia, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ainda não informam estas situações ao Inpe.

Parque Nacional do Araguaia
No ano passado Parque Nacional do Araguaia, localizado no oeste do Tocantins, área de preservação ambiental administrada pelo Instituto Chico Mendes de
Biodiversidade (ICMBio), esteve com mais de 60% de sua área queimada, o equivalente a aproximadamente 333 mil hectares. A área foi devastada pelo fogo desde meados de agosto.

https://www.jornaldotocantins.com.br/editorias/estado/inpe-registra-oito...