As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

RDNEWS - http://www.rdnews.com.br/
15/07/2018
Incendio atinge Parque Estadual da Serra Azul; bombeiros tentam controlar chamas

Incêndio atinge Parque Estadual da Serra Azul; bombeiros tentam controlar chamas
15/07/2018

Francis Amorim

Um incêndio de origem desconhecida está devastando o Parque Estadual da Serra azul, em Barra do Garças. O fogo começou no final da tarde deste domingo (15) e se alastrou rapidamente para áreas de difícil acesso. Homens do Corpo de Bombeiros, Associação Amigos dos Animais e funcionários da Unidade Regional da Sema estão mobilizados no combate das chamas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os primeiros focos foram registrados próximo a Escadaria da Fé, no bairro Santo Antônio e no início da noite se espalharam para às imediações dos bairros Pitaluga e Jardim Araguaia, um dos pontos de difícil acesso para os brigadistas. Ainda não há qualquer indício de como o fogo tenha sido provocado.

"Vários homens estão no local na tentativa de controlar as chamas. Infelizmente, mais uma vez o parque é alvo desse tipo de crime", disse o soldado Pablo, no plantão da 1ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Barra do Garças.

Esse é o segundo incêndio registrado neste ano no Parque da Serra azul. Na semana passada, uma área de aproximadamente 5 mil metros quadrados foi queimada pelo fogo. O Corpo de Bombeiros e a Associação dos Amigos dos Animais, Ong coordenada pelo vereador Francisco Garrinha, conseguiram controlar as chamas.

Com 11 mil hectares, o parque é o principal alvo de queimadas no perímetro urbano de Barra do Garças. Nos últimos anos, grandes incêndios foram registrados, como o que ocorreu em 2014, quando mais de 70% de sua área de preservação foi devastada pelo fogo. À época, o governo estadual utilizou o avião de combate a incêndio florestais do Corpo de Bombeiros para controlar o fogo.

O incêndio deste domingo coincide com o início do período de proibição das queimadas em Mato Grosso, 15 de julho, que se estenderá até 15 de outubro. O estado é o campeão em registro de focos de queimadas no país. Somente neste ano já foram registrados mais de 5 mil ocorrências.

http://www.rdnews.com.br/cidades/conteudos/102452