As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
04/09/2018
Flona de Acu trabalha para elaborar Plano de Manejo

Flona de Açu trabalha para elaborar Plano de Manejo
04 de Setembro de 2018, 14h54

Unidade promove uma oficina no município de Areia Branca no Rio Grande do Norte.

A Floresta Nacional de Açu deu mais um passo na construção do Plano de Manejo, principal instrumento de gestão da unidade. Para isso, promoveu a Oficina de Elaboração do Plano de Manejo, que ocorreu no município de Areia Branca, no Rio Grande do Norte, no período de 20 a 24 de agosto.

A participação das diversas instituições, que estão presentes na região, foi imprescindível para que o documento construído reflita a realidade da Flona de Açu. Estiveram presentes no evento representantes da sociedade civil, academia e instituições públicas, além de conselheiros da unidade e de servidores.

A reunião foi conduzida pela equipe da Coordenação de Elaboração e Revisão do Plano de Manejo (Coman) e sua equipe ampliada, composta por servidores lotados nas localidades da Floresta Nacional de Ipanema, Cabedelo, Rio de Janeiro e da Coman, em Brasília.

A metodologia utilizada para a elaboração do Plano de Manejo foi a estabelecida pela Instrução Normativa do ICMBio no 7/2017, que prevê a realização de uma oficina com cerca de 25 pessoas que possuam amplo conhecimento sobre a área. No encontro foram formulados os elementos do plano de manejo como: propósito, declarações de significância, valores e recursos fundamentais e sua avaliação, necessidades de dados e planejamentos, zoneamento e normas.

No fechamento dos trabalhos, os participantes registraram a relevância de suas participações na construção do plano de manejo, para que a Unidade alcance a eficácia em sua gestão.

Sobre a Flona
Criada pela Portaria no 245, de 18 de julho de 2001, a Floresta Nacional de Açu, gerida pelo ICMBio, é a primeira Flona do Rio Grande do Norte e a terceira da região Nordeste, criada a partir de um movimento da sociedade. Lá, os visitantes poderão explorar a Floresta através de caminhadas através de trilhas, onde poderão desfrutar das belezas singelas da Caatinga. A unidade tornou-se refúgio de animais que migram à procura de alimentos encontrados em abundância.

Entre as espécies de avifauna encontradas na Flona estão: nambu, asa branca, rolinha, galo de campina, canção e sabiá, assim como variados tipos de répteis: cobras e tejos, além dos mamíferos como peba, preá, veado campeiro e sagui do nordeste. A Flona abriga também animais noturnos como raposas, guaxinins, tatus, corujas e urutaus.

Sua vegetação é predominantemente arbustivo-arbórea, com mais de 60 espécies lenhosas destacando-se: marmeleiro, jurema, catingueira, cumaru-da-caatinga, imburana, pereiro, ipê-roxo e angico. Nesta paisagem, sobressaem-se ainda, pelo porte e beleza, a palmeira carnaúba e o cacto facheiro.

http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/9939-flona-de-...