As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

O POVO Online - https://www.opovo.com.br
17/07/2018
Desmatamento ilegal e flagrado na maior area de mata atlantica do Ceara, em Guaramiranga

Desmatamento ilegal é flagrado na maior área de mata atlântica do Ceará, em Guaramiranga
17/07/2018

Rubens Rodrigues

Além do desmatamento, a fiscalização ambiental flagrou desmanche de morro e poluição de córrego no distrito de Pernambuquinho

Refúgio ecológico e habitat de diversas espécias em extinção, o município de Guaramiranga teve ação ilegal de desmatamento flagrado pela fiscalização da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). Três crimes ambientais foram identificados: supressão de vegetação, desmanche de morro e poluição de recurso hídrico.

Divulgado apenas nesta segunda-feira, 16, pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), o crime ambiental ocorreu no último dia 9, no Sítio Beija Flor, no Distrito de Pernambuquinho. A localidade está inserida na Área de Proteção Ambiental (APA) da Serra de Baturité, no município de Guaramiranga/CE, distante 90 km de Fortaleza.

O flagrante aconteceu durante monitoramente rotineiro da Semace. Foi verificado que uma retroescavadeira estava derrubando uma barreira com declive acima de 45o. O material cortado era jogado na margem de um córrego.

O POVO Online teve acesso ao Boletim de Ocorrência (B.O.) registrado na Delegacia Municipal de Guaramiranga e relatório técnico da Sema. Foram desflorestados 32x36m². Conforme o secretário adjunto da Sema, Fernando Bezerra, o terreno levou cerca de 48 hras para ser desmatado.

Uma equipe do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) prestou apoio ao flagrante. O proprietário do terreno e o operador do trator foram conduzidos até a delegacia local para prestar esclarecimentos. Eles foram liberados em seguida e um processo foi instaurado. O infrator estava no local no momento do flagrante e afirmou que não tinha licença ambiental para fazer a obra. Em depoimento à polícia, disse que "foi orientado por populares próximos que poderia fazer o serviço". A retroescavadeira de modelo 416E ficou retida na delegacia.

De acordo com levantamento da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), apesar da ação na localidade, o Ceará - assim como o Espírito Santo - é o Estado com menor área desmatada entre 2016 e 2017: 5 hectares (ha). Dado aponta queda de 56,8% em relação ao período anterior (2015-2016). Entre 1985 e 2017, 1,9 milhão de hectares foram desmatados. A área é equivalente ao território do estado de Sergipe.

Secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno afirma que o monitoramento na APA localizada na Serra de Baturité foi intensificado nos últimos meses. "Este ano, o trabalho foi ampiado e agora conta com Sema, Semace, (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) Ibama e policiamento ambiental", afirma.

Além do desmatamento para loteamento e construção, as áreas também sofrem com o aprisionamento de animais silvestres. "Estamos trabalhando para não permitir ou diminuir consideravelmente os crimes ambientais. Para isso, criamos um posto de polícia ambiental em uma das áreas da nossa gestão, que será inaugurado em agosto", adianta.

"Vamos criar também o Refúgio de Vida Silvestre do Periquito-Cara-Suja, o primeiro do Ceará". Na unidade de conservação inédita no Estado, a área é protegida devido aos animais em extinção lá habitam. A gestão será da Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis).

APA

A APA da Serra de Baturité aporta os municípios de Pacoti, Aratuba, Baturité, Capistrano, Caridade, Guaramiranga, Redenção, Mulungu e Palmácia. São 32.690 ha. Além do Periquito-cara-suja, a região abraça outras espécies de aves ameaçadas, como uru e o pintor-da-serra-de-baturité.

Em fiscalização realizada no último fim de semana, cerca de 15 espécies de animais silvestres foram apreendidos. Duas delas ameaçadas. Ainda conforme o secretário, o serviço de inteligência ambiental trabalha para evitar desflorestamentos realizados em horários estratégicos para driblar a fiscalização.

https://www.opovo.com.br/noticias/ceara/guaramiranga/2018/07/desmatament...