As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

Prefeitura de Palmas - http://www.palmas.to.gov.br
30/08/2018
Brigadistas combatem incendio que atinge a Serra do Lajeado em areas de preservacao ambiental

Brigadistas combatem incêndio que atinge a Serra do Lajeado em áreas de preservação ambiental
30/08/2018 às 17h16

Segundo da equipe de Brigadistas da Defesa Civil Municipal, inicialmente, o fogo começou na encosta da serra, tornando o combate muito complicado devido ao difícil acesso

Com as altas temperaturas em todas as regiões do estado e as fortes rajadas de vento nos últimos dias, os números de focos das queimadas são preocupantes. Durante as últimas 24 horas um incêndio se propaga pela Serra do Lajeado colocando em risco toda uma vegetação e as áreas de preservação ambiental.

A Defesa Civil de Palmas, juntamente com o Corpo de Bombeiros e o apoio do grupamento aéreo da Polícia Militar, realizou um sobrevoo, com helicóptero da Secretaria Estadual de Segurança Pública, para verificar as dimensões do foco e as rotas e fazer o combate à queimada, já que a mesma se encontra em um local de difícil acesso. Esta é a segunda vez que a Serra do Lajeado sofre com os focos de incêndio só este mês.

Segundo informações repassadas pela equipe de Brigadistas da Defesa Civil Municipal, inicialmente, o fogo começou na encosta da serra, tornando o combate muito complicado devido ao difícil acesso e a declividade do terreno oferecer risco aos brigadistas, complicando as ações contra as queimadas. A causa do incêndio é desconhecida, e a demanda foi encaminhada para a Delegacia de Meio Ambiente para investigação.

Por ser em um local árduo, a atuação de combate às queimadas estão sendo extensas, devido a alta declividade do terreno, tornando assim o trabalho dos brigadistas arriscado. O superintendente da Defesa Civil, Bruno Maciel, conta que não há informações sobre o que causou o incêndio e que as autoridades estão investigando sobre a causa do ocorrido, uma vez que traz sérios danos ao meio ambiente.

Durante o sobrevoo, também foi verificado outros quatro focos de incêndio na serra e três no perímetro urbano de Palmas. Dados levantados pelo o serviço de monitoramento de queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, mostram que só no mês de agosto deste ano foram registrados no Tocantins mais de 1,1 mil focos de queimadas.

Áreas Críticas:

Segundo a Defesa Civil de Palmas são áreas críticas com focos de queimadas: a Serra do Lajeado, rotas do antigo Dertins, estrada de Aparecida até entrada do parque, e áreas entre a Praia do Prata e Condomínio Mirante do Lago.

(Texto: Matheus Alcantâra - (estagiário) - Edição e postagem: Lorena Karlla)

http://www.palmas.to.gov.br/secretaria/transporte/noticia/1508603/brigad...